14 October 2010

Laringofaringotomia

a boca saliva o verso
da língua que lambe o beijo
tudo úmido hálito
tudo átimo de desejo
trôpego respirar exala
fala suspiros tensos
recria o arrepio o músculo
amacia a carne o cheiro
corpos poesia rara
poiesis em momentos
noite minutos escassos
palavras ou pensamentos?
boca saliva o verso
língua que lambe o beijo
tudo..
átimo
desejo-te

4 comments:

sandra camurça said...

Muito bom!
Beijos

Madu said...

Faringite, laringite só mesmo em poematomia.

sandra camurça said...

saudade dos teus poemas...

conradopreto said...

Fui sugado por uma espiral
a mente vagueia por outros espaços...
mas não esqueci do Latrinogenese!
Volto!